Uma oração de 400 anos em forma de poesia a Cristo na cruz

30/07/2015 18:16

Uma poesia para rezar. Ou uma oração em forma de poesia... Não importa: o que importa é o conteúdo de agradecimento a Deus pela redenção imerecida, escrito pelo sacerdote português Baltasar Estaço no começo do século XVII. Uma oração de 400 anos, mas atemporal.


A Cristo na cruz

O bem que a tantos bens me convidava,
O qual desmereci, vós merecestes:
Que a vida que por meu amor perdestes
A vida me alcançou que eu desejava.

O mal que a tantos males me obrigava,
O qual não satisfiz, satisfizestes:
Que a morte que por meu amor sofrestes,
Da morte me livrou, que eu receava.

A vós, Deus amoroso, a vós só amo,
De vós pratico, só, de vós escrevo,
Por vós a vida dou e a morte quero,

Em vós, fogo de amor, em vós me inflamo,
Pois que pago por vós o mal que devo
E mereço por vós o bem que espero.