Padre Lombardi: visita à Casa Branca foi solene e festiva

24/09/2015 23:52

O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, declarou que a cerimônia de acolhimento ao Papa Francisco, na Casa Branca, foi extremamente solene e festiva. Liberdade religiosa, mudanças climáticas e relações entre Estados Unidos e Cuba foram alguns dos temas do discurso do Pontífice durante a visita à Sede Governo Americano.

“Esta cerimônia de acolhimento na Casa Branca foi extremamente solene e também extremamente festiva. O tom é de grande cordialidade. Houve um belo discurso do presidente Obama que aprecia, particularmente, a personalidade do Papa Francisco. E é apreciado, precisamente, pelos seus traços de personalidade, também pelo povo americano, à parte dos fiéis católicos que, evidentemente, veem nele o guia da sua comunidade.”

O sacerdote afirma ainda que o Papa fez um belo discurso, falando muito bem o inglês. “O Papa fez também um discurso muito belo, num inglês perfeito. Manifestou a sua cordialidade, atitude de diálogo, de fraternidade, com que ele, filho de imigrantes, vem conhecer esta nação nascida das imigrações. O Papa tocou vários pontos, também aquele do ambiente, manifestando agrado pelas iniciativas de Obama neste campo”.

Ao concluir, o padre Lombardi disse que Francisco não escondeu sua ‘solidariedade’ para com os bispos americanos, com relação à discussão sobre algumas medidas que limitam a liberdade religiosa.

“Mas não escondeu também a sua solidariedade para com os bispos americanos nas questões que dizem respeito à discussão sobre algumas medidas da administração, que parecem limitar a liberdade religiosa, no sentido da plena liberdade das instituições católicas, de seguir os seus princípios.”

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano