JESUS: O MESSIA LIVRE E CORAJOSO

09/02/2015 11:18


Uma das tantas qualidades que atribuímos ao nosso querido mestre Jesus, que passou 33 anos neste

mundo, é de ter sido um homem livre – corajoso e exigente.

ELE FOI UM HOMEM LIVRE

Jesus quebrou decididamente todo condicionamento que queria obrigá-lo por caminhos diversos dos

que não fossem os do Pai. De fato, para seguir o projeto do Pai, Jesus chegou até a ser livre na estrita

observância do sábado, freqüentou pessoas consideradas proibidas: estrangeiros, pecadores,

leprosos, publicanos.. Incompatibiliza-se com as autoridades, expulsa os mercadores do templo, etc.

O que mais impressiona é que Jesus não impõe nada a ninguém. Ele não conhece o “Tu deves”, mas o

“Se queres”. No entanto, o Mestre afirma que cada um deve assumir a responsabilidade da

escolha!Com isso Jesus nos convida a arregaçarmos as mangas e a segui-lo, se necessário, até

carregando a cruz.

ELE FOI UM HOMEM CORAJOSO

Em pouco tempo, Jesus arrumou adversários, mas ninguém conseguiu dobrá-lo! Sua coragem não foi

como a dos valentões, dos que são fortes contra os fracos, dos “notáveis” que, quando as coisas não

funcionam jogam a culpa nos outros. Um episódio diz tudo sobre  a coragem de Jesus. No Jardim das

Oliveiras, ao ser preso, Jesus não disse: “Foram eles. A culpa e deles!”, mas, ”se procurais a mim,

deixai os outros irem embora!” (Jo 18,8)

Se todos nós tivéssemos uma pitada dessa coragem, em breve acabariam as injustiças e as opressões.

Ele nos deixou um “Novo Mandamento” dizendo-nos: “Amai-vos uns aos outros assim como eu vos

amei (Jo 13,34) Era o seu mandamento! A observância desse mandamento garantirá o sucesso dos

futuros missionários: “Só assim todos vos reconhecerão que sois meus discípulos” (Jo 13,34-35)

UM MESTRE EXIGENTE

Só aquele que ousou dizer de si:”Eu sou o caminho , a verdade e a vida” (Jo14,6); “Eu sou a luz do

mundo...”Jo 8,12, podia exigir de seus discípulos escolhas tão radicais, como:”Quem quiser vir atrás

de mim, pegue a sua cruz e me siga” (Mt 16,24).

Qualquer outro que exigisse isso seria considerado ridículo!Portanto, para aderir a Jesus Cristo, todo cristão deve

se espelhar nele, na sua personalidade e nos seus projetos.