Francisco: "'Não' à violência, 'sim' a diálogo na Venezuela

02/03/2015 00:18

Cidade do Vaticano (RV) – A violência na Venezuela faz preocupar o Papa, que depois de rezar a oração do Angelus neste domingo (01/03), recordou que o país está vivendo novamente momentos de aguda tensão e convidou a se retomar um diálogo sincero e construtivo.

“Rezo pelas vítimas e de modo especial, pelo jovem assassinado poucos dias atrás em San Cristóbal”, disse Francisco.

O Pontífice já fez no passado outras exortações pela reconciliação neste país sul-americano onde as tensões têm crescido em meio a uma crise econômica e uma ofensiva do governo contra a oposição política.

Desordens

Kluiver Roa, de 14 anos, foi morto terça-feira (24/02) durante um protesto em San Cristóbal, oeste do país, epicentro de grandes manifestações de rua no ano passado que levaram a 43 mortes.  

Na semana passada, a prisão do prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, um líder veterano da oposição, também provocou alguns protestos no país sul-americano.

(CM)