A resposta genial do Papa Francisco aos empreendedores têxteis

30/07/2015 18:05

Um ‘pedido’ todo especial partiu do Papa Francisco à cidade italiana de Prato, conhecida como uma das capitais têxteis da Europa. Segundo a Agência AGI, o Santo Padre sugeriu que os empreendedores que queriam lhe oferecer tecidos para os paramentos, em ocasião da sua visita de 10 de novembro, na Toscana, dessem um novo rumo à gentileza dos presentes: metros de tecido para confeccionar roupas que abrigassem os pobres do frio ou camisetas para estudantes de países tropicais.

O bispo de Prato, Dom Franco Agostinelli, já anunciou que a ideia de Francisco foi acolhida com entusiasmo. Inclusive as 270 empresas chinesas associadas à CNA (Confederação Nacional do Artesanato e da Pequena e Média Empresa) aderiram à iniciativa e poderão contribuir não somente com tecidos, mas com roupas já confeccionadas.

A economia de Prato, com pouco mais de 190 mil habitantes, gira em torno da produção têxtil desde a época medieval. E é próprio na cidade industrial toscana que o Papa Francisco começará o seu encontro com a Igreja italiana, que estará reunida em Florença para o Convênio Eclesial Nacional.

O dia é 10 de novembro e, logo cedo da manhã, às 8h15 (horário italiano), o Pontífice encontrará os trabalhadores e empreendedores de Prato, na praça central. Está previsto um discurso do Santo Padre aos presentes. O bispo Agostinelli declarou que “toda a diocese está em festa pelo evento que vai marcar a nossa história: realmente Pedro visitará a nossa igreja e nos confirmará na fé”.

Logo depois, o Papa Francisco seguirá para Florença, onde encontrará os mais de 2 mil participantes do V Convênio Eclesial da Igreja italiana, entre bispos, sacerdotes, religiosos e leigos, com o pronunciamento de mais um discurso. Na agenda do Santo Padre em Florença, também consta encontro com os doentes e almoço com os pobres. Durante a tarde do mesmo dia, o Pontífice presidirá a Santa Missa no Estádio Municipal ‘Artemio Franchi’.